Saiba como investir em produtos de luxo

Ao contrário de outras atividades da economia, a crise não tem afetado a procura pelos produtos de luxo, que continua a crescer em bom ritmo à escala global. Estima-se que existem mais de 330 milhões de consumidores espalhados pelo mundo, 35% dos quais são europeus.

O mercado dos produtos de luxo rege-se por uma lei da oferta e da procura contrária à dos bens de grande consumo. Isto é, a procura pelo segmento premium aumenta quando os preços sobem, enquanto a procura por produtos de grande consumo desce quando os preços aumentam.

O segmento de luxo é composto por bens e serviços que se distinguem pela sua qualidade premium, raridade e reputação. Existe uma variedade alargada de produtos de luxo em que se pode investir, incluindo-se automóveis, jóias, relógios, vinhos, imóveis, iates, obras de arte, perfumes, ou a compra de ações de marcas de luxo. Os investimentos mais proveitosos têm sido feitos geralmente em ações de marcas de luxo, em automóveis topo de gama e em vinhos (para saber como investir em vinhos de luxo, clique aqui).

Conheça alguns índices de referência para investir no mercado de produtos de luxo:
Dow Jones Luxury Index – reúne ações de 30 empresas fornecedoras de bens ou serviços de luxo, tais como a BMW, a LVMH-Moet Vuitton e a Porsche.
Liv-ex Fine Wine 50 – acompanha os preços de vinhos da região francesa de Bordeaux, que dominam o mercado de vinhos de alta qualidade.
Europe Stoxx 600 – acompanha ações de 600 empresas de grande, média e pequena capitalização bolsista de 18 países europeus.

A valorização bolsista em média do mercado do luxo foi duas vezes superior à média das maiores empresas europeias cotadas em bolsa, todavia, existem grandes disparidades dentro deste mercado, com empresas/marcas a apresentarem um excelente desempenho na bolsa e outras com desempenhos muito pouco interessantes.

Tal como noutros tipos de investimento, apostar em produtos de luxo requer o acompanhamento do mercado, o conhecimento dos produtos, ou o aconselhamento junto de especialistas. É preciso aliar ao sentimento de paixão um sentido de oportunidade, o que torna possível desfrutar dos bens e obter grandes lucros quando os vender.

Comentários

comments

Publicado por

Kike Yin

Licenciado em Economia Profissional no sector dos Seguros

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *