Fatores que deve ter em conta antes de aceitar um novo emprego

Hoje em dia já não existem empregos para a vida. Como tal, a grande maioria das pessoas passa por diferentes empresas ao longo do seu trajeto profissional. Mudar para um novo emprego é por isso muito comum nos dias que correm. Contudo, na hora de aceitar é importante ter a certeza de que esse é o emprego certo para si. E para o ajudar a tomar essa decisão, selecionamos os fatores que deve ter em conta antes de aceitar um novo emprego.

Dicas – o que deve ter em conta antes de aceitar um novo emprego

Historial do cargo que vai ocupar

Conhecer o histórico do cargo que vai ocupar numa empresa mostra muito daquilo que o espera. Se nos últimos cinco anos esse cargo teve apenas uma ou duas pessoas, isso significa que há alguma estabilidade. Pelo contrário, se esse cargo foi ocupado por 9 ou 10 pessoas durante esses mesmos 5 anos, isso significa que algo não está bem, seja com a empresa, seja com o cargo em particular. Uma das formas de analisar este ponto é conversando com o anterior detentor desse cargo.

Motivação

Apesar de a compensação financeira ser um fator de peso, na realidade, há outros tão ou mais importantes. E se um aumento salarial é algo que motiva, se isso não for acompanhado por fatores como gostar do que vai fazer, bom ambiente de trabalho, conforto com a dinâmica da empresa, etc., dificilmente o dinheiro é motivo suficiente. Analise muito bem quais as suas motivações e se elas são satisfeitas com o novo emprego.

Informe-se sobre o seu futuro chefe

Por mais idílico que seja um emprego e as condições oferecidas, nada disso será devidamente aproveitado caso tenha um chefe intragável. Se for um bom chefe, competente e justo, você sabe que apenas terá de fazer um bom trabalho e não terá problemas. No entanto, há chefes com os quais é muito difícil se relacionar. E se algumas pessoas lidam bem com isso, a maioria não. Por isso, informe-se antes sobre o seu futuro chefe antes de aceitar um novo emprego. Uma das formas de fazer isso é conversar com futuros colegas de trabalho dessa mesma secção. Numa conversa informal facilmente conseguirá descobrir essa informação.

Garanta a correta elaboração do contrato

Durante as negociações para a aceitação de um emprego, há muitas informações e pontos específicos que são definidos entre as partes. Contudo, se nada disso for passado para o papel, elas podem ser esquecidas lá mais para a frente. Como tal, garanta que o contrato contém tudo aquilo que foi negociado, nomeadamente benefícios, salário, expetativas de carreira, período do contrato, deveres e direitos, etc.

Saiba mais sobre a sua futura empresa

Pesquise toda a informação possível sobre a empresa que o quer contratar. Notícias, presença social, saúde financeira, etc. Se algo não está a correr bem, saberá a tempo antes de aceitar o emprego. Além disso, antes da entrevista deverá saber o máximo da empresa, de modo a mostrar uma imagem positiva e informada.

Saiba como deixar pacificamente o emprego

Há diversas formas de deixar o seu emprego pacificamente. Quando um trabalhador se demite, o ambiente que se gera em torno da situação nem sempre é a melhor. Por isso, convém saber o que fazer ou dizer para que a sua decisão não se torne conflituosa. Afinal, nunca se sabe se vai voltar a trabalhar com o mesmo patrão e os mesmos colegas. Veja abaixo algumas dicas sobre o que pode fazer:

Avise com antecedência – Legalmente, existem prazos para entregar o seu pedido de demissão. Cumpra-os. E não se esqueça que o seu patrão também precisa de tempo para o substituir e redistribuir tarefas entre os restantes colaboradores.

Evite falar sobre a sua decisão – Até ter resposta da entidade empregadora, evite falar sobre o assunto com os restantes colegas. Este é um assunto que deve ficar, numa primeira fase, entre as duas partes. Afinal, nunca se sabe se pode surgir uma contraproposta que o faça recuar na sua decisão.

Elabore uma carta de demissão cordial – Evite confrontos na sua carta de demissão. Mesmo que aponte os motivos que levam à sua saída, opte por um discurso optimista e fale sobre as mais-valias que a empresa lhe proporcionou.

Fale com o seu patrão – Mesmo que tenha feito o pedido de demissão formal. Vá ter com o seu chefe e comunique-lhe a sua decisão. Explique-lhe também os motivos que levam à sua saída, sem nunca falar num possível descontentamento. Faça o mesmo na hora de comunicar a sua decisão aos seus colegas.

Organize o seu local de trabalho – Antes de sair, acabe as tarefas que tem em mãos, organize e limpe os seus ficheiros, secretária e gavetas.

Sorria e agradeça – No momento da despedida, cumprimente e agradeça aos seus superiores por tudo sem nunca abdicar de sorriso na cara.

Em suma, deixar pacificamente o emprego passa por ser o mais profissional possível. Não deixe que dissabores marquem a sua saída da empresa, porque nunca se sabe se as portas que se fecham agora, abram num futuro próximo.