Saiba como deixar pacificamente o emprego

Há diversas formas de deixar o seu emprego pacificamente. Quando um trabalhador se demite, o ambiente que se gera em torno da situação nem sempre é a melhor. Por isso, convém saber o que fazer ou dizer para que a sua decisão não se torne conflituosa. Afinal, nunca se sabe se vai voltar a trabalhar com o mesmo patrão e os mesmos colegas. Veja abaixo algumas dicas sobre o que pode fazer:

Avise com antecedência – Legalmente, existem prazos para entregar o seu pedido de demissão. Cumpra-os. E não se esqueça que o seu patrão também precisa de tempo para o substituir e redistribuir tarefas entre os restantes colaboradores.

Evite falar sobre a sua decisão – Até ter resposta da entidade empregadora, evite falar sobre o assunto com os restantes colegas. Este é um assunto que deve ficar, numa primeira fase, entre as duas partes. Afinal, nunca se sabe se pode surgir uma contraproposta que o faça recuar na sua decisão.

Elabore uma carta de demissão cordial – Evite confrontos na sua carta de demissão. Mesmo que aponte os motivos que levam à sua saída, opte por um discurso optimista e fale sobre as mais-valias que a empresa lhe proporcionou.

Fale com o seu patrão – Mesmo que tenha feito o pedido de demissão formal. Vá ter com o seu chefe e comunique-lhe a sua decisão. Explique-lhe também os motivos que levam à sua saída, sem nunca falar num possível descontentamento. Faça o mesmo na hora de comunicar a sua decisão aos seus colegas.

Organize o seu local de trabalho – Antes de sair, acabe as tarefas que tem em mãos, organize e limpe os seus ficheiros, secretária e gavetas.

Sorria e agradeça – No momento da despedida, cumprimente e agradeça aos seus superiores por tudo sem nunca abdicar de sorriso na cara.

Em suma, deixar pacificamente o emprego passa por ser o mais profissional possível. Não deixe que dissabores marquem a sua saída da empresa, porque nunca se sabe se as portas que se fecham agora, abram num futuro próximo.

Conheça as profissões do amanhã

Quais as profissões com mais saída na sociedade? As profissões de hoje são as mesmas de ontem? E as profissões do amanhã serão as mesmas?
Segundo um estudo levado a cabo pela Global Entrepreneurship Monitor (o maior estudo independente sobre empreendedorismo), a inovação, a procura por melhor qualidade de vida e a preocupação com o meio ambiente serão os fatores decisivos na determinação das profissões mais promissoras da próxima década.

Um outro estudo levado a cabo pelo Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável (BCSD), revelou ainda que as profissões mais procuradas em Portugal serão na área da Engenharia Tecnológica, Comercial, Marketing e Comunicação de Informação, Ciências Económicas, Operações e Logística e Automação. Portanto, se tem dúvidas sobre que curso tirar por ter receio de não ter emprego ou se apenas quer ter uma noção de como estará o mercado daqui a uns anos, confira abaixo algumas das dezenas de profissões que podem marcar o futuro.

– Engenheiro Biomédico
– Analista de comunicações e sistema de redes e dados
– Assistente de saúde
– Engenheiros de petróleo
– Gestor de Operações e Logística
– Auditor financeiro
– Marketing
– Engenheiro de mobilidade
– Especialistas em cuidados da pele
– Arquiteto Digital
– Técnico de cuidados continuados no Lar
– Técnico de Educação Online
– Conselheiro Pessoal de Compras Alimentares
– Gestor de Qualidade de Vida
– Gestor de inovação
– Especialista em cloud computing