Seguro para proteger a prestação da casa e desemprego

Os seguros de protecção ao crédito, frequentemente associados aos empréstimos à habitação, protegem o assinante do crédito habitação de situações de desemprego, de hospitalização, de incapacidade temporária para o trabalho ou de atraso no recebimento de salário.

Em períodos de maior aperto económico, o desempregado pode recorrer ao regime extraordinário de proteção dos devedores de crédito habitação ou contratar um seguro de proteção ao crédito. Os seguros de protecção ao crédito habitação em caso de desemprego asseguram que a prestação da casa fica paga caso fique desempregado. Estes seguros cobrem desemprego involuntário (trabalhadores por conta de outrem), e inclui as situações de despedimento coletivo e extinção do posto de trabalho. Na prática, a seguradora entra no pagamento do crédito habitação pelo segurado, amortizando os seus empréstimos.

Quando se verifica uma situação de desemprego involuntário por um período superior a 30 dias, e desde que o segurado esteja inscrito no Centro de Emprego e Segurança Social, a seguradora paga as prestações à entidade credora, até ao limite de seis meses por sinistro e no máximo de 12 a 36 meses por contrato, consoante as apólices.

Vantagens
– diminui o risco e a incerteza no pagamento das prestações do crédito habitação;
– substitui o segurado em caso de falta de rendimentos.

Desvantagens
– as exclusões e a ativação das coberturas respondem a critérios muito restritos;
– baixos limites de indemnização;
– alguns seguros só acionam a cobertura após 30 ou 60 dias, assim como não cobrem despedimentos por justa causa por iniciativa do trabalhador.

Conheça alguns seguros de proteção ao crédito habitacional disponíveis no mercado:
Seguro de Desemprego e Baixa Médica CGD
Seguro de Proteção ao Crédito Habitação Deutsche Bank
Seguro Proteção ao Crédito BPI

Na hora de contratar este tipo de seguro, analise bem todas as coberturas, exclusões e prémios, para não acabar por pagar mais do que o inicialmente planeado e por não obter a compensação esperada.

Seguro de Crédito

O seguro de crédito é um tipo de seguro do ramo vida, que cobre eventualidades como a morte, a incapacidade física, ou a falência judicial dos devedores. É um instrumento disponível às empresas para cobrir o risco de incumprimento dos créditos. Protege tanto o credor como o devedor e a sua família, permitindo assim o pagamento da dívida em casos de extrema necessidade.

Os dados mostram que uma em cada quatro empresas insolventes, tem como base o incumprimento de um dos seus principais clientes. Ao contratar um seguro de crédito, a empresa está a assegurar o seu futuro a curto e médio prazo. A garantia de receber e investir nos clientes certos, dando maior estabilidade ao seu negócio, convertendo o aleatório do recebimento dos seus créditos numa certeza.

O seguro de crédito obriga os segurados à adoção de determinadas regras e preceitos que, com alguma flexibilidade se ajustam às especificidades de cada organização. Conheça abaixo as caraterísticas do seguro de crédito.
– Prevenção de risco: Análise da sua carteira de clientes, mantendo ao longo do contrato uma vigilância permanente;
– Recuperação dos montantes em incumprimento: Em caso de incumprimentos nos pagamentos, a seguradora ativa todos os mecanismos de cobrança, contando com uma vasta equipa de profissionais.
– Indemnização: A seguradora assume o não pagamento, numa percentagem contratada. Em alguns casos, poderá chegar a 90% do montante faturado.

É de salientar ainda, que o seguro de crédito está também frequentemente associado aos cartões de crédito, sendo debitada mensalmente no saldo do cartão uma pequena percentagem resultante da contratação deste seguro.

Com a contratação de um seguro de crédito, você poderá precaver-se, em caso de certas catástrofes. Todavia, deve analisar bem as condições da apólice, para se certificar que tem uma relação de custo/benefícios adequada.