7 formas de aumentar o seu rendimento sem ter que pedir um aumento

Apesar de a atribuição de um aumento do ordenado ser a melhor forma de incentivar e motivar um colaborador, existem outros benefícios que podem ser tão motivadores quanto um aumento de salário, tais como, ter acesso a formação ou ter um seguro de saúde/vida oferecido pela entidade patronal. Conheça de seguida 7 formas alternativas de negociar com o seu chefe um aumento de benefícios:

1. Comissões – Se é vendedor, uma excelente alternativa em caso da empresa não estiver disposta a aumentar-lhe o seu salário base, é negociar com o seu chefe um aumento percentual das comissões de vendas. Ainda que a atribuição de comissões seja mais indicada para comerciais, também pode ser aplicada para funcionários que trabalhem com objetivos.

2. Automóvel – É uma prática comum as empresas disponibilizarem viatura aos colaboradores que passam muito tempo fora dos escritórios, em deslocações. Normalmente, também possibilitam que os trabalhadores utilizem os automóveis durante os fins-de-semana, o que permite poupar nos custos de transporte

3. Seguros de saúde/vida – Atualmente, muitas empresas já oferecem seguros de saúde e de vida como benefícios aos seus colaboradores. Um seguro de vida permite assegurar que a família fica bem financeiramente caso lhe aconteça algum infortúnio. O seguro de saúde é geralmente extensível ao agregado familiar. Se ainda não tem, experimente dar esta sugestão à direcção da sua empresa como alternativa a um aumento de salário.

4. Formação – Se gostava de melhorar as suas competências ou adquirir novas qualificações, pode pedir ao seu empregador para lhe financiar um curso ou workshop. Isso demonstrará interesse da sua parte e é uma oportunidade para o empregador ver o seu potencial e entusiasmo. De acordo com a legislação em vigor, os trabalhadores têm direito a, pelo menos, 35 horas de formação contínua por ano.

5. Ginásio – Mais uma regalia que poderá pedir à empresa, é ter o acesso gratuito a ginásio. Trata-se de uma excelente forma da entidade empregadora oferecer-lhe um benefício tangível que poderia poupar-lhe dinheiro e pô-lo em forma. Procure saber se a empresa onde trabalha tem algum acordo com algum ginásio ou se pode vir a estabelecer.

6. Creche para os filhos – Ter os filhos numa creche, para além de ser bastante dispendioso, deixa os pais em stress constante, porque passam pouco tempo com as crianças ou porque têm de ir a correr busca-las em caso de doença. Já para não falar de ter de andar sempre a correr e em stress todos os dias, para chegar a tempo de ir buscar os filhos à creche, Por isso, ainda que poucas empresas o façam, ter uma creche no local de trabalho pode melhorar a motivação dos colaboradores e originar menor absentismo.

7. Mais dias de férias – Para além dos 22 dias úteis de férias pagas previstas na Lei portuguesa, se a empresa não puder dar-lhe um aumento salarial, peça mais dias de férias à entidade empregadora sem que isso seja descontado nos dias de trabalho. O custo para o empregador é menor e um colaborador descansado costume ser mais produtivo e motivado.