Conheça 10 profissões para quem gosta de trabalhar sozinho

Se há muitas pessoas que adoram o convívio com os colegas de trabalho e sentem-se melhor a trabalhar em equipa, já outras preferem ter pouco contacto com outras pessoas. As razões são várias, desde ser uma pessoa mais solitária, querer um ambiente mais concentrado, até preferir fazer as coisas à sua maneira, sem distrações ou intervenções de outros. Conheça de seguida 10 profissões para quem gosta de trabalhar sozinho.

Profissões para quem gosta de trabalhar sozinhos

Os seguintes exemplos abrangem áreas muito diversas, que incluem profissões com variados níveis de qualificação.

Motorista

Um motorista, seja de táxi, de camiões ou de transportes públicos, passa muito tempo sozinho durante as suas viagens. Os camionista então, passam todo o tempo sozinhos, tendo como única companhia o rádio.

Investigador

Em qualquer área de investigação, o trabalho em isolamento, além de ser uma realidade, é uma necessidade. Seja na pesquisa de informação, seja na análise científica, seja no trabalho prático em laboratório, a investigação é uma área que requer muito trabalho solitário.

Tradutor

Uma das profissões que pode ser feita a partir de casa é a de tradutor. Dessa forma, o tradutor pode trabalhar num ambiente calmo e sem ninguém em seu redor, tendo apenas de cumprir as especificações requisitadas e o prazo definido.

Programador

Um programador tem a função de criar programas informáticos. Como tal, boa parte do seu trabalho é em frente a um computador. Mesmo que esteja rodeado de outras pessoas, o trabalho acaba por ser bastante focado sem grandes interações com os colegas. É também um trabalho que é cada vez mais feito a partir de casa, aí sim, completamente sozinho.

Escritor

De uma forma geral, os escritores necessitam de trabalhar sozinhos de modo a libertarem o seu espírito criativo. Além disso, a concentração conseguida nesses momentos de solidão é essencial para organizar e estruturar a história.

Designer gráfico

Os designers são profissionais que ocupam a maior parte do seu tempo em trabalho individual. É também uma profissão onde ser freelancer é cada vez mais habitual, trabalhando a partir de casa.

Consultor

Um consultor é um profissional especializado numa determinada área que realiza consultoria a outras empresas, fazendo recomendações e ajudando a resolver determinadas situações. É por isso um profissional que geralmente trabalha sozinho.

Segurança

Considerado por muitos uma das profissões mais aborrecidas do mundo, é no entanto perfeito para todos aqueles que pretendem um trabalho sem grandes interações humanas.

Auditor

Tendo em conta a quantidade de dados que um auditor necessita de recolher e analisar, esta profissão exige um trabalho de grande concentração. Como tal, esta é uma profissão onde o isolamento é essencial.

Analista

Um analista tem como função analisar orçamentos ou riscos. Como tal, para o conseguir fazer de uma forma eficaz e eficiente necessita de avaliar um grande conjunto de dados e variáveis. É assim uma profissão que requer que o profissional passe muito tempo sozinho, em sossego e completamente concentrado.

Se gosta de trabalhar sozinho tem aqui 10 sugestões que pode abraçar para a sua vida profissional.

Aproveite as redes sociais para se tornar mais empregável

Se está a procurar trabalho, então há alguns pontos essenciais nos quais tem que se focar. Além da necessária formação e experiência, é preciso também tornar-se mais “empregável” de modo a chamar a atenção dos potenciais futuros patrões de uma forma positiva. Atualmente as redes sociais são um ponto incontornável na vida da maior parte das pessoas, especialmente as profissionalmente ativas. A sua presença online tornou-se por isso mais um critério na possível escolha para uma vaga de emprego. De modo a aproveitar as redes sociais para se tornar mais empregável, escolhemos algumas dicas que consideramos importantes. Saiba mais.

Dicas para usar as redes sociais de modo a tornar-se mais empregável

Existem muitas redes sociais, sendo as mais relevantes o Facebook, o Twitter e o LinkedIn. Esta última pode por vezes ser muito útil, já que é uma rede social orientada para o mundo profissional. De modo a aproveitar estas redes sociais da melhor maneira para se tornar mais empregável, especialmente o LinkedIn, é importante seguir algumas dicas.

– Completar o seu perfil

O seu perfil pode dar muita informação relevante para os empregadores. No LinkedIn, especialmente, deve ter particular atenção em colocar tudo aquilo que considera importante para a vaga a que concorre, nomeadamente cargos já desempenhados, habilitações, idiomas, etc.

– Colocar exemplares de trabalhos seus

Em determinadas profissões é possível ter um portfólio. Caso seja essa a sua situação, não deixe de o divulgar através da rede social que utiliza.

– Ter uma fotografia adequada

Colocar uma fotografia bem divertida e descontraída pode ser uma excelente ideia numa rede social como o Facebook, mas no LinkedIn, um espaço mais virado para a vida profissional, o ideal é colocar uma fotografia adequada, sem no entanto ser demasiado informal ou formal. Escolha uma foto que o retrate num meio termo, de modo a chamar a atenção mas de uma forma positiva e diferenciada.

– Crie uma rede de contactos de qualidade

“Diz-me com quem andas e dir-te-ei quem és”. Este ditado é muito importante na vida, seja ela pessoal ou profissional. Crie uma vasta rede de contactos através das redes sociais, mas ao mesmo tempo, tenha algum cuidado ao selecionar os convites que aceita. Os recrutadores que analisam o seu perfil irão também avaliar a quantidade, e sobretudo, a qualidade da sua rede de contactos.

– Recomendar

As recomendações, quando verdadeiras, são ótimas formas de aumentar a sua visibilidade. Assim, recomende as pessoas que confia profissionalmente. Além de mostrar que sabe avaliar uma pessoa competente, acabará depois por receber também recomendações por parte dessas pessoas.

– Use palavras-chave adequadas no LinkedIn

Quando um recrutador procura determinada profissão no LinkedIn, ele utiliza palavras-chave. Por exemplo, se procura um engenheiro informático, ele irá procurar por “engenheiro informático”, “Informática”, programação”, etc. Por isso, use um conjunto de palavras-chave específicas no seu perfil de modo a ser mais facilmente descoberto por um desses recrutadores.

– Crie uma imagem positiva

Esta dica está mais orientada para as redes sociais informais, como o Facebook e Twitter. Sendo mais descontraídas, são também palco de alguns excessos. Como tal, crie uma imagem virtual positiva, de modo a não afastar possíveis recrutadores.

Conheça as profissões mais bem pagas em Portugal

Tendo em conta a atual conjuntura económica e a dificuldade crescente em arranjar emprego, tanto para trabalhadores menos qualificados como para os mais qualificados, damos-lhe a conhecer neste artigo as áreas onde se registam melhores remunerações em Portugal.
De facto, existem empresas e setores onde os efeitos da crise económica não são sentidos, garantem salários acima da média (900€/mês, segundo estudo da EGOR) já no início da carreira. Além disso, independentemente dos altos e baixos da economia, há profissões que se mantém valorizadas no mercado de trabalho, seja pela elevada procura existente por profissionais qualificados, seja por especializações que atendem às novas necessidades do mercado. A lista das profissões mais bem pagas é mais vasta do que se possa pensar e inclui áreas diversificadas.
Dinheiro não é tudo. Mas com certeza são muitos os que consideram a perspetiva salarial como um fator de peso para a tomada de decisão, relativamente ao caminho a seguir em termos profissionais. Se é o seu caso conheça abaixo algumas das profissões mais baem pagas em Portugal.

1. PILOTOS E CONTROLADORES AÉREOS
Um piloto de aviação civil leva para casa cerca de 8000€ por mês, enquanto os controladores de tráfego aéreo auferem cerca de 5000€ mensais. Sendo por isso duas das profissões mais bem remuneradas. Os elevados salários são, no entanto, justificados dado o elevado nível de exigência em termos pessoais, mentais e físico.

2. MARKETEER ESTRATÉGICO
Marketing Estratégico é uma área que apresenta bons níveis de empregabilidade e oferece boas perspetivas de crescimento profissional (à escala global). Sem falar claro das margens salariais. Por exemplo, para profissionais em cargos de direcção em início de carreira (até 3 anos de experiência), o salário médio anual é de 21000€. Já um diretor de marketing (com 3 a 6 anos de experiência profissional) tem um salário médio a rondar os 30000€ anuais. A partir daí é sempre a subir.
Além dos cargos de direção, há ainda os chamados profissionais especializados, cujas remunerações por serviço prestado podem ascender a valores mais elevados consoante o nível de experiência.

3. BANCA
Os profissionais deste sector que ocupam cargos superiores (diretores de topo) auferem em média 7500€ por mês. A este valor, pode acrescentar-se ainda um bónus mediante o desempenho. São razões mais que suficientes para ser uma das profissões mais bem pagas em Portugal.

4. MÉDICOS
Os médicos de especialidade, tais como cirurgiões ou dentistas, ocupam um lugar de destaque na lista das profissões com melhores remunerações. Os salários dependem da experiência e/ou estatuto de cada profissional.

5. ADVOGADOS E JUÍZES
Tal como os médicos, estes profissionais integram também a lista das profissões com vencimentos mais elevados em Portugal. Para os juízes, os ordenados variam entre 4000€ a 7000€ mensais. No que diz respeito a remuneração dos advogados, é difícil atribuir um valor fixo, já que os seus honorários variam de acordo com a experiência que detêm e com o estatuto alcançado.

6. ENGENHEIRIAS TECNOLÓGICAS E DE PRODUÇÃO
Os engenheiros com formação nas novas tecnologias e sistemas de informação têm oportunidade de perspetivar uma boa evolução salarial. Dos cerca de 950€ a 1300€ iniciais, podem chegar a ganhar entre 3000€ a 5000€ por mês.

7. AUDITORES E CONSULTORES FINANCEIROS
Nesta área, a semelhança do que acontece no Marketing Estratégico, as remunerações variam de acordo com a experiência. Os auditores e consultores financeiros com até 3 anos de experiência, auferem cerca de 15000€ por ano. Esse valor dobra caso a experiência dos mesmos sejam superior a 3 anos.

8. INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA
Apesar de ser uma área não muito explorada em Portugal, existe procura. As remunerações são altas, tendo em conta a necessidade constante de investigação e pesquisa.

9. FUNÇÕES TÉCNICAS ESPECIALIZADAS
Para além das referidas acima, também devemos ter em conta as funções técnicas especializadas, como carpinteiros, canalizadores e eletricistas, por exemplo. São profissões muito procuradas e bem pagas tendo em conta que cada vez existem menos profissionais nessas áreas, em Portugal.

Notas:
– A lista apresentada acima não obedece nenhuma ordem de acordo com tabela salarial.
– Todos os valores mencionados são valores brutos.