Saiba como fazer o seu orçamento familiar

Para evitar que o prazer de comprar se transforme numa lista de privações quotidianas, é prioritário fazer um orçamento familiar, isto é, contabilizar todo o dinheiro que entre e o dinheiro que sai mensalmente da sua conta bancária. Assim poderá definir qual a margem financeira que dispõe e determinar se os seus projetos são realizáveis, daqui a quanto tempo os poderá realizar e a maneira de os alcançar.

Pode fazer o seu orçamento doméstico numa folha de Excel ou simplesmente compre um caderno e faça-o a lápis.

Seguem abaixo alguns conselhos para que possa fazer o seu orçamento familiar:

Identifique os rendimentos
Comece por identificar as principais fontes dos seus rendimentos (receitas). Estas englobam rendimentos como salários, subsídios de férias, de Natal e de refeição, prémios, bónus e comissões. Se não está a trabalhar, mas recebe o subsídio de desemprego ou uma pensão de velhice, dividendos de ações ou rendas de casas que arrenda, não se esqueça de incluir tudo no seu orçamento.

Identifique as despesas
O objetivo passa por anotar todos os gastos previstos para ao longo do mês, quer sejam necessidades e gastos básicos, quer sejam projetos que pretenda realizar. Para esta secção do orçamento doméstico, anote todas as despesas fixas (que acontecem todos meses), como o alojamento ou seguros, a alimentação, a conta da água ou luz. Faça uma estimativa dos gastos ou utilizar os valores do mesmo mês no ano anterior para definir os valores das despesas essenciais incertos.

Como o seu padrão de gastos não se resume as despesas fixas, deverá ter especial atenção com as despesas variáveis, que são aquelas que não sendo prioritárias são importantes para ter alguma qualidade de vida. Exemplo destas são as refeições fora de casa, combustível ou vestuário.

Crie subcategorias
Depois de contabilizar todas as despesas domésticas, separe as despesas fixas de outras despesas. Muitas pessoas não fazem idéia do quanto gastam em jantares fora, em viagens, presentes, vestuários, etc. Analise estas despesas e estabeleça de forma realísta montantes de gastos para as mesmas.

Fundo de maneio para emergências
Não tem que ser valores elevados, mas se for poupando mensalmente, quando chegar a altura em que esse dinheiro será necessário, certamente que terá um valor interessante já separado para qualquer emergência. Separe dinheiro também para os seus gastos pessoais, o que lhe permite manter a disciplina e a motivação para cumprir o orçamento.

Faça a avaliação
Calcule os valores totais dos seus rendimentos e despesas mensais. Se o resultado indicar que tem mais rendimentos do que despesas, então está no caminho certo. Isto significa que pode distribuir a parte extra por outras subcategorias do seu orçamento, como poupança para a reforma, amortização de créditos ou para o vestuário. Tente que a sua poupança chegue a 10% do seu rendimento mensal. Saiba como fazer um pé-de-meia para a reforma.

Se tiver um total de despesas superior ao total de rendimentos, então vai ter de fazer alguns ajustes no seu orçamento familiar.

Não deixe acumular as dívidas
Se está a ter dificuldades em pagar a dívida do seu cartão de crédito, ou empréstimos, um orçamento pode ajudar a resolver este problema. Separe sempre dinheiro suficiente para pagar mais do que o mínimo, especialmente no que diz respeito aos cartões de crédito, os quais têm taxas de juro elevadas.

Não use cartões para pagar despesas pessoais
Muitos consultores financeiros recomendam a criação de envelopes para as várias subcategorias dos seus gastos, como a alimentação ou a gasolina. Atualize mensalmente os envelopes com o dinheiro que definiu no orçamento para essas despesas. Isto permite-lhe verificar o que está a gastar.

Siga o seu plano
Por fim, tente seguir o seu plano e não se desvie do orçamento. De nada serve ter um orçamento, caso não siga o mesmo com determinação e disciplina.

Comentários

comments

Publicado por

Kike Yin

Licenciado em Economia Profissional no sector dos Seguros

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *